Meu nome é Anderson "Buiu".

Moro em São Paulo na comunidade Jd. Ibirapuera, tenho 32 anos e sempre gostei de pintar e fazer desenhos. Durante muito tempo estive envolvido com o mundo das drogas, onde percebi que ali não era o meu caminho. Aos 27 anos entrei para uma iniciativa social, onde comecei a pintar quadros e participar de grupos de conversa. Conheci alguns amigos, que me incentivaram e fizeram acreditar que poderia escrever uma nova história da minha vida, e o quanto aquilo poderia transformar outras pessoas.

Foi então que me encantei pela educação e descobri que queria ser educador. Fiz um curso de mediação de leitura e comecei a reunir crianças da viela para um cinema, junto de meu amigo Zinho. Antes do filme fazia uma contação de história e foi aí que nasceu sua ideia de empreendimento social: Futebol e Leitura. Apaixonado por futebol e jogador assíduo, ensino a molecada a jogar futebol, e antes da pelada começar, eles fazem leituras para discutir sobre algum tema. Estou escrevendo um livro sobre minha história e acredito que os desafios me fazem ir mais além.

Eu acredito muito nesse desafio, e conheci pessoas que passaram pelo Guerreiros Sem Armas e vejo o quanto a experiência os transformou de fato. Eu sei que não sou perfeito, mas não quero aceitar minha vida do jeito que ela é, sem obter desafios que possam me confrontar para o meu crescimento e desenvolvimento pessoal, eu creio que vai ser algo muito lindo, então se vocês me ajudarem a viver esse momento lindo, pode ter certeza que algo pode estar por vir.

Atualmente eu desenvolvo uma ação cultural e esportiva, com a minha equipe na minha comunidade, chamada de Jardim Ibirapeuera. Eu me entrego muito para esse projeto, e percebi que ele vem crescendo cada dia mais, sou feliz por fazer o que faço.

Se eu puder ir ao Guerreiros Sem Armas, acredito que vou contribuir ainda mais para o mundo, com gentileza, serviço ao próximo e vontade de ajudar. O Instituto Elos está investindo R$6.600,00, preciso captar a outra parte para atingir os R$13.200,00. A meta é de R$7.000,00 para suprir gastos com recompensas e transporte.

O mundo precisa de pessoas assim, com nós.

Conheça mais sobre Viela!